gallery/5ed6256e86720d279522de16ce945c5e_810x93
gallery/cqp
COMPÓSITOS

FIBRA DE VIDRO

Compósitos

 

Compósitos são materiais de moldagem estrutural, formados por uma fase contínua polimérica (matriz) e reforçada por uma fase descontínua (fibras) que se agregam físico-quimicamente após um processo de crosslinking polimérico (cura). Normalmente a fase descontínua é formada por fibra de vidro, aramida ou de carbono dependendo da aplicação final. 

A fase polimérica é geralmente composta por uma resina termofixa do tipo poliéster insaturada (ortoftálica, tereftálica, isoftálica ou bisfenólica), dissolvida em solvente reativo como estireno ou ainda uma resina éster vinílica ou epóxi. Resinas especiais como as fenólicas, de poliuretano e de silicone são utilizadas em aplicações especiais. 

Na moldagem destas duas fases ocorre um crosslinking polimérico através de um processo de cura, que acopla as duas fases proporcionando ao material final propriedades especiais que definem sua moderna e ampla aplicabilidade. Leveza, flexibilidade, durabilidade, resistência, adaptabilidade são algumas das propriedades que garantem aos compósitos o título de produto do futuro.

Matriz Plástica—Tipos de Resinas

 Termoplástica - - Permitem reprocessamento - - Reciclagem economicamente viável

 ABS - POLIPROPILENO - POLICARBONATO -  POLIAMIDA (NYLON) -  ACRÍLICO -  OUTRAS (OS– PE—PVC—PBT)

 Termofixa - - Não permite reprocessamento - - Reciclagem ainda com baixa viabilidade econômica

 POLIÉSTER -  EPÓXI -  FENÓLICA

 Fibras de Vidro (Tipo C, E, S2, ECR)
 Fibras de Carbono
 Fibras de Aramida (KEVLAR)
 Fibras de Basalto
 Fibras Cerâmicas
[marcadorText15]Benefícios: elevar as propriedades físico-mecânicas das matrizes plásticas.

Reforços Complementares para Compósitos

 Cargas Minerais
Talco
 Carbonato de Cálcio
 Areia
 Alumina Tri-Hidratada

 

Benefícios: redução de custo, rigidez, acabamento superficial, auto-extinguível.

 Materiais de Núcleo

 Madeira Balsa
 Compensado
 Espumas: PU, PVC, PET
 Colméias: Plásticas (PP), Alumínio, Aramida-Fenólica

Benefícios: redução de peso, melhora a rigidez, aumenta a resistência ao impacto, melhora o isolamento térmico e acústico, reduz a vibração para o ambiente interno, peças otimizadas, aumento das propriedades mecânicas em geral.

Moldes para Compósitos

Os moldes para processamento dos compósitos poderão ser produzidos com os seguintes materiais:

Madeira -  Compósito (poliéster, epóxi)
Alumínio
[ Aço
 Concreto

Processos de Fabricação

Os processos de produção deverão ser definidos de acordo com sua própria necessidade levando em consideração produtividade, investimento, propriedades mecânicas do produto final e outros, citamos os principais:

 Manual -  Pulverização -  Prensagem a frio - Prensagem a quente -  Laminação contínua -  RTM—injeção de baixa pessão -  RTM—injeção de alta pressão - Enrolamento -  Centrifugação -  Autoclave -  Vácuo -  Infusão -  Pultrusão

compósito fibra de vidro

processos compositos fiberglass e marmore sintetico

pultrusao fibra de vidro

lautoclave em fibra de vidro

vacuo em fibra de vidro
modelaçao manual fibra e marmore sintetico